Após fim da tutela, Britney Spears já planeja retorno ao mercado musical - Palco Pop
Música | Publicado por Ana Luíza Adolfo em 22 de março de 2022.
Após fim da tutela, Britney Spears já planeja retorno ao mercado musical

Os fãs e admiradores de Britney Spears já podem se animar. Segundo o site norte-americano The Sun a cantora, que recentemente ficou livre de sua tutela, já está se preparando para retornar às atividades ao mercado músical.

O site recebeu informações de que a equipe da artista já está trabalhando em busca de colaboradores que fizeram parte de momentos de êxito ao longo da carreira de Britney. Um desses seria Claude Kelly, que teve importante participação no lançamento de “Circus”.

Um insider conversou com o The Sun e falou sobre a importância dessa nova fase para a artista, “…ter algumas músicas novas poderia realmente ajudá-la a virar uma nova página.”. Ele comentou também, sobre o interesse da equipe de Britney em procurar ex-colaboradores e confirmou que os mesmos se mostraram muito interessados nos novos projetos.

Ainda segundo o The Sun, apesar de ter lançado seu último álbum há quase 6 anos – em agosto de 2016 – a princesa do pop não está com pressa para seu(s) próximo(s) lançamento(s) e está realizando tudo com muita cautela e com certeza com muito carinho e dedicação.

Best- Seller em vista

Como se não bastasse o retorno ao mundo da música, a cantora pop fechou um contrato milionário com a editora Simon & Schuster, para contar sua versão da relação com seu irmão e revelar suas memórias, já que em janeiro deste ano Jamie Lynn Spears lançou um livro citando o relacionamento com Britney.

O livro “Things I Should Have Said” teve uma forte divulgação, por isso o interesse da editora em lançar a versão da princesa pop. Além disso, a obra deverá conter informações importantes sobre a vida e carreira da cantora.

Segundo o site Page Six, o acordo foi fechado em US$15 milhões, e espera-se que seja um grande sucesso, visto que o pacto é o segundo maior em valores do mercado editorial, ficando atrás apenas do firmado com o ex-presidente dos EUA Barack Obama e sua esposa Michele Obama em 2017.

Deixe um comentário

*

Direitos reservados. Desenvolvido por Lucas Mantoani.