Youtuber americano aponta “fraude” de fãs brasileiros para sucesso de “Girl From Rio” - Palco Pop
Música | Publicado por Juliane de Paula em 4 de maio de 2021.
Youtuber americano aponta “fraude” de fãs brasileiros para sucesso de “Girl From Rio”

Anitta acaba de lançar seu novo single “Girl From Rio”, que estreou em grande estilo no Spotify Global, alcançando #58 em poucas horas. No entanto, um youtuber norte-americano levantou uma questão interessante sobre o sucesso do single na gringa.

Scott Lowe é um produtor de conteúdo e professor de inglês apaixonado pela cultura brasileira. Dessa forma, ele decidiu falar sobre “Girl From Rio” afirmando que a canção é uma introdução perfeita de Anitta para alcançar o público internacional, porém, talvez, o single não está sendo tão popular como parece.

Essa música soa como a introdução perfeita de Anitta para o público norte-americano. Mas será que isso está funcionando?“, indagou.

O youtuber publicou o vídeo no último sábado (01), 24 horas após o lançamento do videoclipe. Scott conta que o clipe chegou em #17 nos destaques do YouTube nos Estados Unidos. Ele analisa os comentários do vídeo e percebe que há vários comentários em inglês, porém são de fãs brasileiros.

Norte-americanos estão fazendo conteúdo sobre a música, mas quem está consumindo tudo isso são os brasileiros. […] Mas eu esperava ver pelo menos um pouco de comentários da minha terra natal. É estranho, está em alta nos EUA mas onde estão as pessoas norte-americanas assistindo?”, questiona.

Ele ainda ressalta que “Girl From Rio” não aparece nem ao menos na Hot 100 da Billboard, que avalia as músicas mais populares nos Estados Unidos, e afirma que estar em alta não necessariamente quer dizer que está fazendo sucesso no país.

Em seguida, ele fala sobre os comentários em português e brinca declarando para trocarem o VPN (localização do computador ou celular), para “fingir” que estariam ouvindo a faixa dos Estados Unidos.

Só estou dizendo que é possível que o vídeo não seja tão popular no mercado norte-americano como parece. Eu acho que o número #17 é um pouco enganoso“, completa.

E aí, o que vocês acharam dessa análise de Scott? Deixe sua opinião nos comentários!

Deixe um comentário

*

Direitos reservados. Desenvolvido por Lucas Mantoani.