Música | Publicado por Jonathan Oliveira em 8 de setembro de 2018.
Como sobreviver a 1000 dias sem One Direction?

Há mil dias uma das maiores bandas da década entrava oficialmente em hiato. Você pode não gostar do seu estilo musical, afinal é questão de gosto, mas é fato que em apenas 5 anos, One Direction deixou sua marca na história da música.

O grupo se formou em 2010 durante o programa britânico The X Factor. O sucesso foi automático: Harry Styles, Zayn Malik, Liam Payne, Louis Tomlison e Niall Horan conquistaram uma legião de fãs no mundo inteiro. Os cinco garotos podem não ter chegado a final do programa, mas acabaram se tornando os mais memoráveis daquela edição.

De lá pra cá foram foram lançados, os discos “Up All Night” (2011), “Take Me Home” (2012), “Midnight Memories” (2013) e “Four” (2014). Seu álbum de estreia vendeu mais de seis milhões de cópias em todo o mundo, sendo que foi a primeira banda britânica da história a estrear quatro álbuns consecutivos no topo da Billboard 200, os charts dos Estados Unidos! Sente o cheiro de sucesso, heim?

“Take Me Home”, segundo disco do 1D vendeu mais de um milhão e meio na primeira semana de lançamento ao redor do mundo, e foi preciso só duas semanas pra chegar a marca de 1 milhão apenas nos Estados Unidos! Lembrando que em 2012 os streams ainda não eram tão populares como hoje. O primeiro single do disco, “Live While We’re Young“, conquistou a maior estreia de um grupo britânico nos Estados Unidos até aquele ano. Reizinhos do pop!

Em março de 2015, 4 anos depois do início da banda, após 4 discos lançados e durante sua quarta turnê, a “On the Road Again Tour“, Zayn Malik anunciou a saída da banda. Os outros garotos continuaram a viajar pelo mundo com a turnê já programada fazendo no 80 shows que arrecadaram mais de 200 milhões dólares. Ainda na estrada, em julho, foi lançada a primeira canção do One Direction como um quarteto, o smash hit “Drag Me Down“.

Os fãs ficaram em euforia, pois pensaram que sem Zayn, a banda não iria lançar novos trabalhos. Mas estavam enganados, pois em setembro de 2015, “Made In The A.M.” foi anunciado. Foi o quinto e último álbum da 1D, que inclusive não possuiu uma turnê de divulgação. No início de 2016, Harry, Louis, Liam e Niall anunciaram o hiatus do grupo, o que pode significar apenas uma pausa, mas que provavelmente não terá fim.

Mas porque não? 1000 dias depois dessa declaração, percebemos como cada integrante possui uma visão musical diferente. Desejos e carreiras praticamente opostas, então será que faz sentido voltar a ser um grupo? Com “Mind of Mine” (2016), “Harry Styles” (2017) e “Flicker” (2017), os primeiros discos como artistas solo de Zayn, Harry e Niall, respectivamente, podemos perceber essa diferença com mais clareza.

Liam Payne e Louis Tomlison já lançaram canções como artistas solo também, e estão seguindo suas carreiras. Inclusive, Liam anunciou que seu primeiro disco ainda sai este ano! Então mesmo desejando de todo nosso coração um comeback, não vemos porquê, mesmo com muita saudade né, gente? Pra acabar de nos matar, a banda lançou “History” como último single. Parece, ou não, uma despedida?

Para sobreviver a essa saudade, preparamos uma playlist pra matar a falta que os 5 garotos nos deixaram. Estão prontos pra ouvir? E vocês, desejam que a banda retorne? Conta pra gente!

Direitos reservados. Desenvolvido por Lucas Mantoani.