Música | Publicado por Anderson Júnior em 10 de abril de 2018.
Flora Matos critica Mano Brown e Costa Gold

A artista continua ganhando mais atenção por suas polêmicas do que por sua música

Uma das rappers mais conhecidas do Brasil, Flora Matos, que lançou no final do ano passado seu álbum “Eletrocardiograma”, anda causando polêmica com suas declarações e brigas na internet.

Mês passado, ela teve um desentendimento com o Emicida, que resultou nos fãs apelidando-a de “Afroconveniente” (palavra que define alguém que se identifica como branca em todos os momentos da vida, mas diz que é negra quando convém), fazendo alusão à sua música “Preta de quebrada”. Ela revidou acusando o cantor de “invejoso, interesseiro, machista e covarde”.

 

Nesse domingo, dia 8, Flora postou uma foto em seu Instagram declarando que “parou com o momento atual do rap no Brasil”. A postagem já foi apagada.

Parei com o momento atual do Rap no Brasil. Não compactuo com a cena burguesa atual. Nem to de acordo com o posicionamento dos mais antigos também. Que quando sentem cheiro de dinheiro vão correndo mamar um pouco na de quem tiver fazendo, e não interessa como. O Rap (no Brasil) não é mais o movimento que eu conheci. Eu preciso meditar. Vou cuidar da minha saúde. Cansei de me preocupar sozinha, e ainda ser objeto de “referência” estética da galera oportunista do momento. Objeto de uso contínuo. To de boa de provocações . No meu site está a minha agenda de shows. Parar de cantar jamais será meu objetivo, eu quero ver vocês” 

O anúncio ficou meio vago, mas em sua conta no Twitter, a rapper atacou diretamente alguns artistas, dizendo que não compactua com Mano Brown e nem com “Bosta Gold”, fazendo uma dura crítica ao grupo Costa Gold.

 

Será que foi só um desabafo ou a cantora quer mesmo chamar atenção?

 

Direitos reservados. Desenvolvido por Lucas Mantoani.